Sua empresa está preparada para uma vistoria do Corpo de Bombeiros?

Sua empresa está preparada para uma vistoria do Corpo de Bombeiros?

Nos últimos anos, a fiscalização de empreendimentos, comerciais e, em alguns casos, residenciais, se tornou ainda mais rigorosa, a fim de evitar incêndios e outros acidentes. Mas, se você fosse pego de surpresa em uma vistoria do Corpo de Bombeiros, sua empresa estaria preparada?

Com poder de polícia, a corporação pode aplicar multas, suspender o certificado de licenciamento dos estabelecimentos e até mesmo anular alvarás de funcionamento. As multas variam de R$ 1.040,00 a R$ 5.200.000,00, mas o prejuízo pode ser ainda maior caso haja a evacuação e interdição do local.

Alvarás dependem do licenciamento do Corpo de Bombeiros

Estar em conformidade com as normas estabelecidas pelo Corpo de Bombeiros é fundamental para que todo o tipo de negócio prospere. Isso porque, o alvará de licença e funcionamento expedido pela prefeitura, está diretamente ligado e condicionado ao licenciamento expedido pelo Corpo de Bombeiros. 

Com poder de polícia, o Corpo de Bombeiros pode aplicar multas, suspender o certificado de licenciamento dos estabelecimentos e anular alvarás de funcionamento.

Em outras palavras, o alvará só tem validade se o estabelecimento possuir também o licenciamento do bombeiro, também conhecido como Auto Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

Como para toda regra há uma exceção, as residências unifamiliares não precisam passar por esse processo. 

É importante lembrar, ainda, que o documento, que garante que tal edificação é, de fato, segura e está preparada para oferecer proteção contra incêndios, deve ser renovado de tempos em tempos.

Assim como a emissão é feita pelo Corpo de Bombeiros da Polícia Militar, a necessidade e o período de renovação também são estabelecidos pelo órgão.

Medidas de segurança obrigatórias

Ainda que fundamental para garantir a segurança, muitas empresas não adotam ou cumprem todas as medidas de segurança contra incêndio obrigatórias, dentre as quais estão:

  • Extintores de incêndio em pontos estratégicos;
  • Sinalização e iluminação de emergência;
  • Saídas de emergência e rotas de fuga para casos de incêndio;
  • Sistema de hidrantes;
  • Sistemas de alarme e detecção de incêndio, entre outros.

Além dessas medidas, estabelecimentos maiores, como galpões, empresas e indústrias, precisam, ainda, ter uma brigada de incêndio, além de um planos de emergência e de prevenção a incêndio.

Para evitar surpresas e garantir a conformidade com todas as normas de segurança estabelecidas pelo Corpo de Bombeiros e outros órgãos, é importante contratar uma empresa especializada. Além de realizar as adequações às normas, os profissionais desenvolvem projetos completos para submissão diretamente ao órgão, evitando dores de cabeça.

Se interessou? Saiba mais sobre os laudos AVCB e CLCB e conheça nossos serviços.

WhatsApp chat