Dicas de equipamentos para evitar incêndio na obra

incêndio na obra

Canteiros de obra são sempre desafiadores, não importa se você está trabalhando ou visitando o local. Isso porque, além de maquinários e equipamentos, os campos contam, ainda, com situações perigosas e que podem aumentar a chance de incêndio na obra.

Por isso, é fundamental não apenas saber como agir corretamente em caso de acidentes, como também ter sempre em mãos equipamentos para evitar e combater incêndios e outros incidentes.

Pensando nisso, separamos dicas e alguns equipamentos contra incêndio que não podem faltar no canteiro de obra e que são fundamentais para salvar o patrimônio e, claro, as vidas dos colaboradores, visitantes e outros.

Quais equipamentos ajudam a evitar incêndio na obra?

Atualmente, o Corpo de Bombeiros exige que obras e edificações contem com um projeto ou sistema de combate a incêndios, que contemplam uma série de equipamentos básicos, como extintores, iluminação de emergência e sprinklers, como forma de evitar e conter acidentes.

De grande importância para a segurança de todos, esse tipo de projeto pode ajudar a salvar não apenas o patrimônio, mas também as vidas de quem trabalha ou reside nos locais. Confira os equipamentos primordiais que você precisa ter na sua obra ao longo desse texto.

Para evitar casos de incêndio na obra, é fundamental contar com equipamentos específicos em todo a edificação.

Abrigos para mangueiras de incêndio

O uso do abrigo para mangueiras de incêndio é obrigatório em ambientes fechados e deve seguir as normas do Corpo de Bombeiros e da ABNT. Com a função de proteger o equipamento contra a ação do tempo e a corrosão, os abrigos garantem que as mangueiras estejam em pleno funcionamento quando necessário. 

Além disso, é importante lembrar que o abrigo deve sempre permanecer lacrado, mas nunca trancado para facilitar a abertura em caso de incêndio.

Suportes para extintor

Os extintores de incêndio devem estar sempre acomodados em suportes, fixos na parede ou não, de modo a garantir a integridade do mesmo e a utilização correta. Geralmente fixados em lugares de fácil acesso, o suporte ajuda a evitar a queda do equipamento, perda de conteúdo, entre outros.

Mangueiras de Incêndio

Fundamentais no combate ao fogo, elas ajudam a levar a água aos focos de incêndio de forma segura. Para tanto, precisam estar acondicionadas de forma correta, em abrigos específicos para este fim e no tamanho adequado. 

Em linhas gerais, são três tipos de mangueiras disponíveis no mercado, cada uma com uma finalidade específica:

  • Tipo I: indicadas para serem usadas em edifícios residenciais;
  • Tipo II: recomendadas para as indústrias e prédios comerciais; e
  • Tipo III: utilizadas pelo Corpo de Bombeiros e ligadas aos seus caminhões de incêndio.

Extintores de Incêndio

O equipamento mais comum e famoso de combate ao fogo, o extintor de incêndio é fundamental em canteiros de obra ou em edificações já prontas. Afinal, assim como as mangueiras, eles desempenham um papel essencial no combate ao princípio e foco do incêndio, sendo de grande eficácia.

Fabricado em material reforçado, o equipamento conta com diferentes agentes extintores, como água, pó ou outro componente químico. Cada um deles é direcionado para um tipo de fogo e, por isso, é importante que, além de saber manusear, as pessoas saibam o modelo exato do extintor necessário para cada tipo de obra ou local. 

Confira alguns exemplos:

  • Água: utilizado em incêndios relacionadas à queima de madeira, tecido, papel etc.;
  • Gás carbônico: recomendado para locais que podem ter acidentes relacionados à equipamentos elétricos;
  • Pó químico: indicado para controlar incêndios provocados por líquidos inflamáveis, já que ajuda a interromper o processo de combustão.

Detector de incêndio 

Instalados em locais estratégicos, os detectores são indispensáveis em qualquer edificação, já que é responsável por identificar os primeiros sinais de fumaça e calor, disparando o alarme sonoro.

Em outras palavras, o detector pode ajudar a salvar vidas, já que as pessoas são alertadas quase que imediatamente sobre o incêndio e orientadas a deixar o local.

Iluminação de emergência

Outro item fundamental, a iluminação de emergência ajuda a clarear os ambientes, especialmente escadas e corredores, evitando acidentes em casos de evacuação. Além disso, elas atuam diretamente no apoio ao Corpo de Bombeiros, facilitando a visualização em meio à fumaça e chamas.

Incêndio na obra pode ser evitado

Como em quase todos os locais, o incêndio na obra pode ser evitado com medidas simples de segurança. Além dos equipamentos mencionados acima, é fundamental que os empreiteros contem com brigadistas e pessoas aptas a tomar as rédeas em casos de acidentes.

Por fim, mas não menos importante, recomendamos a contratação de uma equipe especializada para te auxiliar no processo de identificação e instalação de equipamentos. Com isso, além de um projeto muito mais estruturado, você garante que o sistema de combate ao incêndio seja, de fato, eficaz.

WhatsApp chat